Qual o Melhor Aparelho de Drenagem Linfática?

Qual o Melhor Aparelho de Drenagem Linfática

Mais do que uma questão estética, a drenagem linfática também está muito associada com o bem-estar, já que essa técnica de massagem também promove o relaxamento do corpo.

O procedimento pode ser feito de forma manual ou otimizado com a ajuda de equipamentos especializados. Por isso, se você quer conhecer os melhores aparelhos de drenagem linfática para abastecer a sua clínica, acompanhe o nosso artigo.

 

Os melhores equipamentos para drenagem linfática

Se você tem dúvidas com relação ao equipamento ideal para investir, apresentaremos a seguir os modelos oferecidos pela Ibramed e pela KLD, as fabricantes de aparelhos estéticos mais populares do país.

 

Neurodyn Esthetic

O Neurodyn Esthetic é fabricado pela Ibramed e acopla nove tipos diferentes de terapias estéticas, sendo uma delas a corrente aussie (também conhecida como corrente australiana), ideal para potencializar a ação da drenagem linfática manual.

A corrente australiana é uma técnica categorizada pela estimulação neuromuscular através de corrente alternada despolarizada de média frequência. Ela pode ser usada para tratamento corporal e facial.

A drenagem linfática é intensificada através da estimulação da contração dos músculos lisos ao redor dos linfangions.

 

Sonophasys KLD

O novo modelo do Sonophasys, produzido pela KLD, é um aparelho de terapia combinada portátil, com ultrassom e correntes.

Esse equipamento foi desenvolvido especialmente para atender profissionais exigentes, possibilitando tratamentos precisos e ágeis, com resultados eficazes. É altamente indicado para a realização de drenagem linfática sequencial.

 

Manthus Start KLD

O Manthus Start KLD oferece terapia combinada com suporte de aplicadores e é outro equipamento da KLD ideal para a técnica de drenagem linfática. Mais completo que o anterior, seu custo também pode ser até duas vezes mais alto.

O Manthus Start é leve e ideal para equipar clínicas ou para o atendimento do tipo home care, sem perder sua eficácia e potência.

Além de ser indicado para a drenagem linfática, ainda conta com uma gama de correntes elétricas que são voltadas para o tratamento de gordura localizada, celulite, situações pré e pós-cirúrgicas, relaxamento, fortalecimento muscular e rejuvenescimento.

 

Como escolher um aparelho de drenagem linfática

Na hora de tomar a sua decisão por um aparelho estético e outro, alguns cuidados são essenciais.

Além de comparar os modelos disponíveis no mercado, fazendo um balanço entre os prós e contras de cada um, é necessário fazer uma detalhada pesquisa de preços.

Não se esqueça de conferir qual fabricante oferece o melhor suporte pós-venda ao cliente. Seja por meio de treinamentos ou até com a disponibilização de assistência técnica em sua cidade de atuação profissional.

Para receber um orçamento dos melhores aparelhos do mercado, entre em contato que teremos prazer em lhe ajudar.

 

O que é drenagem linfática?

A técnica da drenagem linfática surgiu em 1932, na Dinamarca, com o objetivo de  trabalhar especificamente o sistema linfático. Por meio de massagens, ele é estimulando a trabalhar de forma mais ágil, movimentando a linfa (líquido presente nos vasos dos gânglios linfáticos).

Na linfa, são encontradas substâncias orgânicas e inorgânicas, além de resíduos e toxinas.

A massagem chamada de drenagem linfática é responsável por acelerar a retirada de líquidos acumulados entre as células e por encaminhá-los aos vasos capilares. Os movimentos são trabalhados de forma certeira para que esses líquidos sejam eliminados.

As principais vantagens do procedimento são a regeneração dos tecidos, a melhora do sistema imunitário, o combate à celulite e à gordura localizada, além de ser uma terapia extremamente relaxante.

A drenagem linfática pode ser feita com as mãos, ou então com o uso de aparelhos específicos que, através de um sistema computadorizado, infla e desinfla um tipo de bolsa, responsável por melhorar a qualidade das linfas.

Na verdade, existem várias técnicas para a drenagem linfática e a eletroestimulação também é bastante comum para atingir os objetivos de eliminar o excesso da linfa.

 

Contraindicações da Drenagem Linfática

Apesar de ser uma terapia bastante relaxante e de não exigir prescrição médica, a drenagem linfática requer alguns cuidados. O tratamento não é recomendado para pacientes com qualquer tipo de infecção, já que através das massagens as células infecciosas podem se espalhar mais facilmente pelo corpo.

Pacientes com doenças cardíacas, trombose e hipertensão e que estão em tratamento de quimioterapia também não devem ser submetidos ao procedimento.

Já para as mulheres grávidas, a terapia é bastante indicada e pode ser uma ótima aliada para reduzir o desconforto de edemas e da retenção de líquidos, situações corriqueiras na gestação.

Além disso, a drenagem também pode ajudar a prevenir o surgimento de celulite e estrias.

Agora que você descobriu quais são os melhores aparelhos de drenagem linfática e sabe mais sobre a finalidade da técnica, continue acompanhando os nossos artigos para sanar as suas dúvidas sobre os principais aparelhos estéticos para equipar a sua clínica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *