Depois da Criolipólise Tem que Usar Cinta?

depois da ciolipolise tem que usar cinta

Você tem se perguntado se depois da criolipólise tem que usar cinta? Está em dúvida sobre quais são as recomendações após o procedimento? Então não deixe de acompanhar o nosso guia de hoje!

Vamos lhe apresentar tudo o que você precisa saber sobre o tratamento e a recuperação desta intervenção estética que promete reduzir até 25% da gordura localizada, desde a primeira sessão.

Portanto, acompanhe o nosso texto e fique por dentro deste assunto.

 

Depois da criolipólise tem que usar cinta?

Imediatamente após o congelamento das células do tecido adiposo, nós não notamos resultados muito expressivos. Mas sim, é necessários que deixemos o nosso sistema linfático trabalhar na eliminação das células “quebradas”. Durante este processo, recomenda-se sim que o uso da cinta seja corriqueiro.

Assim, você proporcionará uma maior firmeza na região tratada, melhorando inclusive os resultados do tratamento. Portanto, respondendo ao questionamento, sim, depois da criolipólise tem que usar cinta. O tipo de cinta poderá variar, de acordo com as suas necessidades.

O ideal é que você sempre questione o profissional que aplicará o procedimento em você, para que não haja dúvidas. Dessa maneira ele poderá lhe apontar a melhor opção para o seu porte físico e região tratada.

 

Quais são as recomendações?

  • O uso da cinta deve ser de no mínimo 18 horas por dia, diariamente, durante o primeiro mês após o procedimento.
  • Você não poderá ingerir carboidratos e nem gorduras por um período de 72 horas após a criolipólise. Além disso, o ideal é que você evite estes alimentos até que haja uma recuperação de um mês.
  • É importante que você mantenha o seu corpo hidratado, para que a eliminação de células mortas seja efetivo. Para isso, consuma pelo menos dois litros de água por dia.
  • Aposte em ativo lipolítico, ou seja, ativos anti flacidez, diretamente na região tratada. Aplique de manhã, ao acordar, e a noite, antes de dormir. Lembre-se de limpar a pele antes da aplicação.

 

Como é a recuperação e os resultados?

O processo de recuperação é bastante simples e rápido. Inclusive, não existe um período de recuperação pós-tratamento. Você já poderá praticar as suas atividades normalmente, assim que encerrar o procedimento.

Assim que o profissional soltar o aparelho de criolipólise da região que sofreu a sucção, é comum que a pele fique mais tencionada e rígida. Esta rigidez pode durar minutos, horas ou até um período um pouco mais longo. Tudo dependerá do organismo de cada pessoa, que pode variar bastante.

Além disso, é possível que a região apresente um vermelhidão, ou até mesmo pequenos hematomas. Isso ocorre porque o vácuo pode promover estes resultados, mas não é nada que possa ser prejudicial para a saúde ou a beleza da sua pele. Em alguns dias, tudo já estará como antes.

Em casos mais raros, a sensação de formigamento também pode aparecer. O que também pode ser visto como um efeito bastante aceitável e normal, sem grandes incômodos.

Os primeiros sinais de redução de gordura aparecerão após algumas semanas. Neste período, o nosso organismo estará trabalhando para eliminar todo o tecido que foi “quebrado” durante o procedimento. Aqui, 25% da gordura poderá ser eliminada.

 

Cuide de você!

Agora que você já sabe como funciona o processo de recuperação e sabe que depois da criolipólise tem que usar cinta, é hora de investir neste tratamento inovador e dizer adeus aquelas gordurinhas localizadas. Considere as nossas dicas e tenha uma ótima recuperação.

Depois é só contar pra gente os seus resultados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *